Português para estrangeiros na Colômbia: diferença entre PEGAR e BOTAR

Sou a professora Fernanda Martinez e fui professora de Português para estrangeiros na Colômbia. Imagino que possa parecer tranquilo ensinar português como língua estrangeira para os “hispanohablantes”, não é? Não exatamente, na verdade. Há muitas “armadilhas”, chamadas tecnicamente de falsos cognatos, que dificultam a vida de alunos e professores.

Alguns desses “falsos amigos” foram marcantes nas minhas aulas de português para estrangeiros, como os verbos PEGAR e BOTAR. Meus alunos colombianos não se sentiam à vontade para falar: “Vou pegar a minha bolsa”. E se tivessem que pegar e ainda botar em algum lugar, como “botar no quarto”, xiiiiii… aí mesmo que travavam de vez!

O verbo PEGAR tem vários sinônimos, entre eles SEGURAR, BUSCAR, AGARRAR. Por outro lado, no espanhol colombiano, PEGAR é o mesmo que COLAR e também BATER. Bater em alguém, dar um tapa, isso mesmo!

Então um simples “Hoje é o dia do pai pegar a filha na escola”, para meus alunos de Português para estrangeiros na Colômbia, poderia significar uma briga de família na porta de escola. Para nós brasileiros, simplesmente significa que o pai vai buscar a filha na escola hoje.

Cristiano Ronaldo pega o filho na escola.

pegar-na-escola | Português para Estrangeiros na ColômbiaFonte da imagem

Já o verbo BOTAR, na língua portuguesa, tem como principal significado a ação de PÔR, COLOCAR alguma coisa em algum lugar. Para os colombianos, BOTAR é COLOCAR NO LIXO, JOGAR FORA. Se tivesse que fazer um simples pedido:

Bote os livros ali!

botar na estante | Português para Estrangeiros na Colômbia

Fonte da imagem

Os meus queridos alunos de português para estrangeiros na Colômbia já pensavam na lata de lixo hehe

Ensinar português para estrangeiros que falam uma língua da família linguística do português ajuda muito, é uma verdadeira “mão na roda”. Porém essa proximidade, em alguns casos pode atrapalhar e até “travar” a fluência de alguns alunos.

O que fazer para acabar com esses bloqueios?

Praticar muito! Ler, escutar, falar bastante a língua estrangeira que você está estudando. Certamente a intimidade adquirida com a prática do português ajudará a vencer esses bloqueios causados pelos “falsos amigos” da língua portuguesa e espanhola.

Espero ter ajudado e até a próxima!

Professora Fernanda Martinez.

Deixe seu comentário