Influência das línguas indígenas no português brasileiro

Olá, eu sou o professor Marcos Mendonça e a última vez passei por aqui, falei sobre A História do Português do Brasil em 9 Tópicos, lembram?  Hoje vou falar um pouquinho sobre como as línguas indígenas influenciaram o português do Brasil.3

Quando falamos sobre influência das línguas indígenas no português brasileiro, não devemos pensar nos nativos como personagens externos que interferiram na nossa cultura e depois desapareceram. Pelo contrário, precisamos considerá-los como parte de nós mesmos, de forma que não há uma divisão entre eles e nós, mas uma presença viva da cultura indígena no nosso dia a dia de uma maneira que nem percebemos.

influência das línguas indígenas

Para facilitar o entendimento, trago aqui algumas palavras que são usadas pelos brasileiros, e que nos ajudam a ver como somos culturalmente formados pelos indígenas. Começando pela comida, nós temos uma raiz bastante utilizada e que possui três formas de ser chamada conforme a região do país: mandioca, aipim e macaxeira. Todos esses três nomes derivam do tupi, uma língua indígena amplamente falada no Brasil. A partir dessa raíz, é feita uma comida bastante famosa, a tapioca (tïpïoka), também conhecida como beiju (me’iu), ambas palavras de origem tupi.

Temos também nomes de plantas e animais: maracujá, açaí, caju, araçá, tatu, jaguar, ariranha, paca, arara, buriti, cipó, bem como os nomes de lugares de norte a sul: Pará, Curitiba, Paraná, Sorocaba, Pernambuco, Manaus, Copacabana, Iguaçu, Anhangabaú etc.

O mais interessante é que não apenas substantivos foram formados por influência indígena, mas também adjetivos, como é o caso de jururu (triste) e também verbos como sapecar (sapék), que em português significa queimar algo, chamuscar e em tupi tem o mesmo sentido. Dessa palavra originou-se também “sapeca”, uma criança animada e bagunceira.

Há alguns anos eu não conhecia o verbo quarar, mais utilizado por pessoas do interior quando querem falar sobre o ato de estender roupas brancas no sol, para que elas fiquem mais claras. Para minha surpresa, alguns anos depois descobri que esse verbo vem da palavra “kûara” que em tupi significa sol. Ou seja, faz todo sentido que quarar roupas seja colocá-las no sol. Permita-me citar só mais um verbo: em tupi, o verbo falar é “nheeng” e a partir disso surgiu a palavra em português nhenhenhém, que quer dizer falar sem parar.

Algumas palavras estão tão confortavelmente internalizadas no vocabulário dos brasileiros, que nós nem mesmo chegamos a pensar que em Portugal elas possam não ser compreendidas e que tenham versões de origem românica. Abacaxi em Portugal é chamado de ananás (apesar de que ananás também é de origem tupi); catapora é varicela; cupim é térmita; jabuti é cágado; dentre muitas outras.

Essas foram apenas algumas poucas palavras que dão uma breve noção de como o Brasil é fortemente formado pela cultura indígena. É incrível como podemos ser infinitamente diversos e misturados, o que faz da aprendizagem do português do Brasil algo que pode ser muito interessante.

Influência das línguas indígenas no português brasileiro
Fonte da imagem

O Palácio do Itamaraty é a sede do Ministério das Relações Exteriores e também possui um nome de origem indígena.

Professor Marcos Mendonça

Referência

Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa – Antônio Geraldo da Cunha

Dicionário Tupi Guarani – www.dicionariotupiguarani.com.br

Pororoca, pipoca, paca e outras palavras do Tupi – Marcos Bagno e Orlene Lúcia S. Carvalho

3 Comments

  • Avatar
    Branca Luisa
    Posted 21/06/2017 5:56 pm 0Likes

    Olá. Estranhei ver que as palavras acima têm origem tupi, uma vez que a maioria delas são do português falado na África, por ex., mandioca, tapioca, maracujá….não seriam algumas de influência africana?

    • cursovilabrasil
      Posted 19/07/2017 9:35 pm 0Likes

      Olá, Branca. Nós conferimos todas as palavras em livros sobre tupi e dicionários etimológicos. A mandioca e o maracujá são originários da América do sul. Já eram cultivados antes dos europeus chegarem. E acabaram sendo levados pra África mantendo o nome. Hoje em dia a África tb produz mandioca, mas a origem é daqui.

  • julia
    Posted 27/10/2017 8:11 am 0Likes

    que legalllllll

Deixe seu comentário

WhatsApp chat