Dica #1: Celpe-Bras – Não se preocupe com seu sotaque

Oi, bonitos!

Cá estou eu para te dar aquela forcinha com a Parte Oral do Celpe-Bras (já baixou meu eBook com dicas para a Parte Oral?). Para quem não sabe ou não lembra, meu nome é Ana Gabatteli e sou Diretora e professora do Vila Brasil e nesses meses que antecedem a primeira edição do Celpe-Bras, que costuma acontecer em abril/maio de cada ano, vou postar algumas dicas para você se dar bem no Celpe-Bras, beleza? Hoje vou falar de sotaque (acento, accent).

Os avaliadores do Celpe-Bras não estão preocupados com seu sotaque

É muito comum que os alunos se preocupem com seus sotaques. No geral, a ideia de que para uma pessoa falar bem uma língua, ela precisa falar igual a um nativo ainda é muito comum. Entretanto, nós professores (mais especificamente de português para estrangeiros) e, principalmente, os avaliadores do Celpe-Bras não estamos preocupados se você parece um brasileiro falando ou não.

O importante é que haja uma boa comunicação e que a pronúncia seja adequada. No eBook Dicas para a Parte Oral, você encontra exemplos de problemas de pronúncia que nada tem a ver com seu sotaque!

Sotaque é identidade, ele conta sua história.

Você não precisa perdê-lo para falar bem uma língua! Tenha orgulho da sua identidade e invista seus estudos na pronúncia adequada. Se você acha que ainda pode melhorar na sua pronúncia antes do exame, você pode dar uma olhadinha no nosso curso Celpe-Bras online! Ele está novinho, todo planejado para você se preprar para a Parte Oral e também para a parte escrita!

Até a próxima!

Um beijo,

Ana Gabatteli

Deixe seu comentário

WhatsApp chat