Você sabia que a cidade mais amigável do mundo fica no Brasil?

by cursovilabrasil on 13/11/2014 No comments

[styled_title]Você sabia que Florionópolis é considerada a cidade mais amigável do mundo?[/styled_title]

florianopolis

O Rio de Janeiro é famoso por suas lindas praias com um visual inigualável. Curitiba oferece muitas opções para quem gosta de frequentar parques e estar em contato com a natureza. Ainda, em Salvador é possível revisitar uma parte da história do país e provar os sabores da culinária local.

Reunindo os resultados, a publicação conseguiu descobrir as cidades mais acolhedoras na opinião dos turistas. Por consequência, os destinos mais mal-avaliados foram considerados os menos amigáveis do mundo.

Brasil em primeiro lugar

O ranking das cidades mais amigáveis foi criado a partir da avaliação de aspectos como a localização, o tamanho e a percepção política da cidade, além das barreiras linguísticas que os viajantes possam ter enfrentado.

Ao somar as notas, o destino mais bem avaliado do mundo foi Florianópolis, capital de Santa Catarina. A cidade alcançou o total de 95,8 pontos no ranking e ficou em primeiro lugar, desbancando cidades nos Estados Unidos, na Nova Zelândia e na Austrália.

Entre os fatores que levaram os leitores a dar boas notas para a capital catarinense estão as incríveis paisagens e a simpatia dos moradores. Os turistas ressaltaram que o destino é perfeito para quem gosta de passear, praticar esportes aquáticos ou conhecer o comércio local. As informações dadas pelos habitantes foram consideradas confiáveis e os serviços do aeroporto foram avaliados como cordiais e eficientes.

As cidades mais amigáveis do mundo

Abaixo você confere a lista completa divulgada pela Condé Nast Traveler:

  • 1º Lugar: Florianópolis, Brasil (95,8 pontos)
  • 2º Lugar: Hobart, Tasmânia (95,4 pontos)
  • 3º Lugar: Thimpu, Butão (93,7 pontos)
  • 4º Lugar: Queenstown, Nova Zelândia (91,8 pontos)
  • 5º Lugar: Charleston, EUA (91,5 pontos)
  • 6º Lugar: Paro, Butão (90,3 pontos)
  • 7º Lugar: Margaret River, Austrália (90,3 pontos)
  • 8º Lugar: Mandalay, Burma (89,8 pontos)
  • 9º Lugar: Kilkenny, Irlanda (89,1 pontos)
  • 10º Lugar: Ubud, Indonésia (89,1 pontos)
  • 11º Lugar: Chiang Mai, Tailândia (88,9 pontos)
  • 12º Lugar: Christchurch, Nova Zelândia (88,4 pontos)
  • 13º Lugar: Dublin, Irlanda (88 pontos)
  • 14º Lugar: Galena, Estados Unidos (87,9 pontos)
  • 15º Lugar: Victoria, Canadá (87,9 pontos)
  • 16º Lugar: Auckland, Nova Zelândia (87,8 pontos)
  • 17º Lugar: Savannah, Geórgia (87,8 pontos)
  • 18º Lugar: Edimburgo, Escócia (87,7 pontos)
  • 19º Lugar: Asheville, Estados Unidos (87,5 pontos)
  • 20º Lugar: Cork, Irlanda (87,5 pontos)

Fonte: Moda e Afins

cursovilabrasilVocê sabia que a cidade mais amigável do mundo fica no Brasil?

6 costumes brasileiros no trabalho que estrangeiros não entendem

by cursovilabrasil on 11/11/2014 No comments

[styled_title]Conheça 6 costumes brasileiros no trabalho que estrangeiros não entendem[/styled_title]

Empresas estrangeiras estão cada vez mais comuns no Brasil, assim como as companhias nacionais que já têm como objetivo atingir um mercado internacional e, consequentemente, mais amplo. Tais modificações têm suscitado um maior grau de convivência entre os brasileiros e os estrangeiros.

O conflito cultural é algo comum quando as pessoas de uma mesma empresa possuem costumes completamente diferentes. Mesmo que os estereótipos dos brasileiros no exterior não valham para todos nós (nem todos gostamos de comer feijão com arroz, de sambar ou de jogar futebol), existem aspectos culturais que estão gravados em praticamente todos os brasileiros. Veja abaixo algumas dessas atitudes listadas com base nas experiências de três especialistas no assunto:

1 – Enrolar na hora de falar

Um dos principais empecilhos que muitos brasileiros enfrentam ao conversar profissionalmente com estrangeiros é o modo de falar – e isso não tem nada a ver com o idioma em si. De acordo com a consultora Jussara Nunes, os brasileiros explicam muitas coisas antes de chegar ao ponto central de um diálogo – em outras palavras, enrolam.

Segundo ela, os anglo-saxões em gerais não têm muitos floreios no momento de dizer algo, indo direto ao ponto para depois conversar melhor (algo que algumas pessoas podem achar um tanto ríspido). Apesar de ser um detalhe, quando as situações se repetem sequencialmente, algum dos dois tem grandes chances de se irritar com o outro.

2 – Dizer “sim” quando você quer dizer “talvez”

De acordo com os especialistas, os brasileiros não querem magoar os outros ou aparentarem rudes, sempre falando de modo devagar ou sem ser 100% franco. Muito estrangeiros não são assim, sem medo nenhum de dizer “não” quando necessário. O nosso “sim” às vezes quer dizer “talvez”, ao passo que o “talvez” pode também ser um “não” – os gringos são mais literais. Diante desse tipo de comportamento, os estrangeiros podem se sentir confusos e frustrados por não conseguirem interpretar esses comportamentos com exatidão – se é que há alguma.

3 – Brasileiros querem ter amigos no trabalho e não colegas

Segundo pesquisas da EY, o colega de trabalho perfeito para um brasileiro que vive no exterior é alguém inspirador, motivador, amigável e sociável – muito mais do que um simples colega, ele é um amigo. De acordo com Jussara Nunes, o brasileiro tende a focar nos relacionamentos de trabalho, sendo que primeiro ele deve confiar e se dar bem com as pessoas para depois realizar as tarefas e gerar bons resultados.

Aqui no Brasil, é comum as pessoas perguntarem no trabalho sobre assuntos pessoais, mostrarem fotos para os colegas de familiares e filhos, além dos típicos contatos físicos (beijos e abraços que não são comuns em vários países). No exterior, principalmente na Europa e nos Estados Unidos, é mais comum o seguinte lema: “estamos aqui para fazer negócios e não amigos”.

4 – Negócios imediatos

De acordo com Fabiana Gabrieli, da HSM Educação, os brasileiros têm visões de negócios focadas no curto prazo, querem fechar contratos logo e fazem movimentos rápidos. Contudo, em outras culturas, isso não ocorre desse modo. No estilo oriental, por exemplo, as pessoas não fazem negócios com quem não conhecem. Só que por outro lado, nós sabemos que é preciso improvisar no mercado brasileiro – os empresários daqui frequentemente possuem um plano B ou C para as situações mais adversas.

5 – Exceções para quase tudo

Aqui no Brasil nós temos exceções para tudo, sejam situações que não precisam ser seguidas à risca ou normas que não são tão rígidas. Vendo por esse lado, nós podemos ser caracterizados como indisciplinados, querendo dar um “jeitinho” em situações que não podem ser contornadas. As exceções praticamente não existem no mercado internacional, sendo que nós precisamos seguir o manual deles e sem querer utilizar nenhum atalho – ou sairemos bem feios na foto.

6 – Pontualidade pra quê?

Infelizmente, no geral os brasileiros não são pontuais. Reuniões começam depois do horário marcado, podem demorar mais do que o previsto ou ainda serem remarcadas na última hora. Os atrasos são parte da rotina de muitas empresas do Brasil. Em alguns casos, isso é considerado flexibilidade, porém no geral nos atrasamos mesmo e ponto.

Em determinados países, se atrasar é praticamente um insulto. Isso sem levar em consideração quando equipes de várias nações trabalham juntas e você, o brasileiro, está de algum modo atrasado – seja no horário ou no prazo daquele relatório. Isso pode ser realmente danoso para carreira de qualquer um e é algo que deve ser adaptado assim que você convive com outras culturas.

Fonte: Moda e afins

cursovilabrasil6 costumes brasileiros no trabalho que estrangeiros não entendem

Você sabe em quais países o português é língua oficial?

by cursovilabrasil on 23/10/2013 No comments

mapa-mundi_cplpA Língua Portuguesa é a quinta mais falada do mundo. Atualmente, por volta de 250 milhões de pessoas falam o idioma, que está presente em todos os continentes.

São oito os países que têm o português como língua oficial, são eles: Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Juntos, esses países formam a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Além dos estados-membros da CPLP, o português é falado também em outras comunidades, como Zanzibar (na Tanzânia), em Macau (China) e em Málaca (na Malásia).

The best place to learn portuguese

cursovilabrasilVocê sabe em quais países o português é língua oficial?

Você sabe o que significa “ficar” com alguém no Brasil?

by cursovilabrasil on 22/10/2013 No comments

Ficar é, no Brasil, como uma categoria de namoro. Costuma ser o estágio anterior ao namoro propriamente dito.

maos dadas

Ficar designa uma relação afetiva sem compromisso em que, normalmente, não tem associada uma componente de fidelidade, já que a sua natureza é, normalmente, passageira. O ficar com alguém pode resumir-se a um encontro de apenas um dia ou uma noite ou prolongar-se por tempo indeterminado, porém, não muito longo.

O ficar costuma ser o estágio anterior ao namoro, em que as duas pessoas envolvidas se conhecem mais profundamente antes de iniciar uma relação mais séria.

A maior diferença entre ficar e namorar é que, como dito acima, ficar é uma relação sem compromisso; já namorar envolve, necessariamente, compromisso.

Fonte: http://goo.gl/uGWqta

ficarFicar é, no Brasil, como uma categoria de namoro. Costuma ser o estágio anterior ao namoro propriamente dito.

Ficar designa uma relação afetiva sem compromisso em que, normalmente, não tem associada uma componente de fidelidade, já que a sua natureza é, normalmente, passageira. O ficar com alguém pode resumir-se a um encontro de apenas um dia ou uma noite ou prolongar-se por tempo indeterminado, porém, não muito longo.

O ficar costuma ser o estágio anterior ao namoro, em que as duas pessoas envolvidas se conhecem mais profundamente antes de iniciar uma relação mais séria.

A maior diferença entre ficar e namorar é que, como dito acima, ficar é uma relação sem compromisso; já namorar envolve, necessariamente, compromisso.

Fonte: http://goo.gl/uGWqta

Veja também: Os vários sentidos da palavra “ficar”

 Learn Portuguese with us

cursovilabrasilVocê sabe o que significa “ficar” com alguém no Brasil?

Origem do Dia do Professor no Brasil

by cursovilabrasil on 15/10/2013 No comments

desenho professor e aluno47483103_1Você sabe o motivo de  hoje ser o Dia do Professor no Brasil?

No dia 15 de outubro de 1827, o imperador do Brasil, Dom Pedro I, baixou um decreto que determinou que “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras [equivalentes ao Ensino Fundamental]”. Este decreto determinava, entre outras coisas, o salário dos professores, a forma como eles deveriam ser contratados e as matérias básicas.

Em 1947, um professor paulista teve a ideia de transformar a data em feriado e iniciou a tradição de homenagear os professores no dia 15 de outubro. A ideia surgiu porque o período letivo do segundo semestre escolar era muito longo, ia de 1 de junho a 15 de dezembro, com apenas dez dias de férias em todo o período. Por esse motivo, um pequeno grupo de quatro educadores, liderados por Samuel Becker, teve a ideia de organizar um dia de folga. O dia também serviria como uma data para se analisar os rumos do restante do ano letivo. Foi então que o professor Becker sugeriu que esse encontro acontecesse no dia 15 de outubro.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963.

Fonte: educacao.sp.gov.br

Aprenda português com professores especializados

cursovilabrasilOrigem do Dia do Professor no Brasil

Origem do Dia das Crianças no Brasil

by cursovilabrasil on 12/10/2013 No comments

infanciaHoje, 12 de outubro, é comemorado o Dia das Crianças no Brasil.

O Dia das Crianças no Brasil começou com a realização do 3º Congresso Sul-Americano da Criança, realizado na cidade do Rio de Janeiro em 1923. Aproveitando a realização do evento, o deputado federal Galdino do Valle Filho elaborou um projeto de Lei estabelecendo uma nova data comemorativa. Em 5 de novembro de 1924, o Decreto n. 4.867 instituiu o dia 12 de outubro como sendo o Dia das Crianças.

Porém, o Dia das Crianças não passou a ser celebrado de imediato. Em 1955 houve uma forte campanha publicitária realizada pela indústria de brinquedos Estrela, que promoveu a “semana da criança”, com o objetivo de aumentar as vendas de brinquedos. Vendo os bons resultados que tiveram, os mesmos empresários resolveram revitalizar o dia 12 de outubro (até então esquecido) criado pelo deputado Galdino. Assim, o Dia das Crianças passou a fazer parte do calendário comemorativo do Brasil.

E no seu país, existe o Dia das Crianças? Conte para gente nos comentários!
Fonte: brasilescola.com

Want to learn portuguese?

cursovilabrasilOrigem do Dia das Crianças no Brasil

Você sabe o que significa a expressão “chá de cadeira”?

by cursovilabrasil on 27/09/2013 No comments

Tomar um chá de cadeira significa esperar muito por algo ou por alguém.

Essa expressão costuma ser utilizada para dizer que uma pessoa esperou muito tempo por alguém ou para ser atendido por algum serviço (consultório, transporte…).

Exemplos:

Ele tomou um chá de cadeira no consultório do dentista. (esperou muito tempo para ser atendido pelo dentista)

Ontem tomei um chá de cadeira do meu namorado. (esperou muito tempo até o namorado chegar)

Origem

No século 19, no Brasil, ao agendar uma audiência com  alguma autoridade, as pessoas esperavam por horas até que ela aparecesse, pois fazer esperar era tido como sinônimo de elegância e de poder.
Enquanto esperavam para ser ouvidas pela autoridade, as pessoas aguardavam sentadas tomando xícaras de chá. Daí a expressão “tomar chá de cadeira” significar “esperar por muito tempo”.

Fonte: http://www.brasilescola.com/curiosidades/cha-cadeira.htm

cursovilabrasilVocê sabe o que significa a expressão “chá de cadeira”?

Independência do Brasil

by cursovilabrasil on 07/09/2013 No comments

D. Pedro IHoje, 7 de setembro, é o dia em que é comemorada a independência do Brasil.

Com a chegada da família real portuguesa ao Brasil, em 1808, o país começou a crescer economicamente, principalmente pela abertura dos portos brasileiros aos outros países. Após esse fato, vários outros acontecimentos importantes para o processo de independência do país ocorreram.

Dom João VI (rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, de 1816 a 1822) voltou para Portugal em 1821 e nomeou seu filho, Dom Pedro I, como príncipe regente. Dom Pedro passou a tomar medidas em favor da população brasileira, com a clara intenção de levar o país à independência política.

Em setembro de 1822, Portugal enviou um documento ao Brasil exigindo que Dom Pedro I retornasse às terras lusitanas. Tomando conhecimento desse documento, Dom Pedro declarou a independência do Brasil enquanto estava em viagem de Santos para São Paulo, às margens do Rio Ipiranga, no dia 7 de setembro de 1822. No mês de dezembro do mesmo ano, Dom Pedro foi declarado imperador do Brasil.

Fonte: http://www.brasilescola.com

Want to learn portuguese?

cursovilabrasilIndependência do Brasil

Você sabe o que quer dizer a expressão pisar em ovos?

by cursovilabrasil on 25/08/2013 No comments

pisar-em-ovos

A expressão “pisar em ovos” significa fazer ou falar algo com muito cuidado, com muita calma.

Exemplos:

Tenho que pisar em ovos para falar com minha irmã sobre o ex-namorado. (tem que tomar muito cuidado e falar com calma sobre o ex-namorado)

Pisam em ovos para não contrariar o chefe. (tomam muito cuidado para não contrariar o chefe)

O significado da expressão vem da imagem de alguém caminhando sobre ovos, algo que se tem que fazer com muito cuidado para que não quebrem.

cursovilabrasilVocê sabe o que quer dizer a expressão pisar em ovos?