Site disponibiliza curtas-metragens brasileiros para assistir de graça

by cursovilabrasil on 20/01/2014 No comments

O site Porta-curtas possui um acervo de milhares de curtas-metragens para exibição gratuita. Cineastas de todo o Brasil postam seus trabalhos neste local para que o público possa ter acesso mais fácil às suas obras. Curtas-metragens são filmes de pequena duração (variando, normalmente, de 30 a 40 minutos).

Grandes nomes do cinema nacional têm obras disponíveis no portal: Phillippe Barcinski, Jorge Furtado, Selton Mello, José Padilha e Fernando Meirelles são alguns exemplos.

Clandestina Felicidade, (filme adaptado do conto “Felicidade Clandestina”, de Clarice Lispector), dirigido por  Beto Normal e Marcelo Gomes;  O Dia em que Dorival Encarou a Guarda, de Jorge Furtado e José Pedro Goulart; e Ilha das Flores, de Jorge Furtado, estão entre os curtas mais acessados no site.

Acesse o Porta-curtas aqui.

Fonte: catracalivre.com.br

The best place to learn portuguese

 

 

cursovilabrasilSite disponibiliza curtas-metragens brasileiros para assistir de graça

15 cinebiografias brasileiras

by cursovilabrasil on 17/01/2014 No comments

O site Cinetoscopio listou 15 cinebiografias brasileiras. Você já assistiu alguma delas?

1. Senna: O Brasileiro, O Herói, O Campeão (2011). Direção: Asif Kapadia

Tricampeão de Fórmula 1.

senna

2. Cartola – Música Para os Olhos (2007). Direção: Hilton Lacerda, Lírio Ferreira

Cartola foi um dos mais importantes compositores da música brasileira.

3. Raul – O Início, o Fim e o Meio (2012). Direção: Evaldo Mocarzel, Leonardo Gudel, Walter Carvalho

Cantor e compositor brasileiro, frequentemente considerado um dos pioneiros do rock brasileiro.

Raulseixas01

4. Chico Xavier (2010). Direção: Daniel Filho

Médium, filantropo e um dos mais importantes divulgadores do Espiritismo.

5. Simonal, Ninguém Sabe o Duro que Dei (2009). Direção: Calvito Leal, Cláudio Manoel, Micael Langer

Foi um cantor brasileiro de muito sucesso nas décadas de 1960 e 1970.

6. Cazuza – O Tempo Não Pára (2004). Direção: Sandra Werneck, Walter Carvalho

Foi um cantor, compositor, poeta e escritor brasileiro.

cazuza

7. Madame Satã (2002). Direção: Karim Aïnouz

Foi um transformista brasileiro, visto como personagem emblemático da vida noturna e marginal carioca na primeira metade do século XX.

8. Elena (2012). Direção: Petra Costa

Documentário baseado na vida da atriz Elena Andrade.

9. Heleno (2011). Direção: José Henrique Fonseca

 Foi um futebolista brasileiro.

heleno

10. Meu Nome Não é Johnny (2008). Direção: Mauro Lima

Tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995. A partir de então passou a frenquentar o cotidiano do sistema carcerário brasileiro.

11. Uma Longa Viagem (2012). Direção: Lúcia Murat

História de três irmãos, tendo como fio condutor a trajetória do mais novo, que viaja para Londres em 1969, enviado pela família para que não participasse da luta armada contra a ditadura no Brasil.

12. Olga (2004). Direção: Jayme Monjardim

olga-01

Foi uma jovem militante comunista alemã, de origem judaica, deportada para a Alemanha durante o governo de Getúlio Vargas, onde veio a ser executada pelo regime nazista em campo de extermínio.

13. O Bandido da Luz Vermelha (1968). Direção: Rogério Sganzerla

Filme inspirado nos crimes  de João Acácio Pereira, mais conhecido como Bandido da Luz Vermelha.

14. Marighella (2012). Direção: Isa Grinspum Ferraz

O documentário passa pelos anos de militância de Marighella no PCB baiano e nacional, suas prisões na Era Vargas, sua atuação como deputado constituinte e pela época da repressão militar, quando se tornou inimigo público da ditadura.

15. Gonzaga – De Pai pra Filho (2012). Direção: Breno Silveira

Foi um importante compositor popular brasileiro, conhecido como Rei do Baião.

Fonte: cinetoscopio.com.br/2013/10/09/15-brasileiros-e-suas-historias-no-cinema/

The best place to learn portuguese

cursovilabrasil15 cinebiografias brasileiras

Cidades-sede da Copa: Brasília

by cursovilabrasil on 16/01/2014 No comments

brasilia_14122011-164359

Uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 será Brasília. Brasília, a capital do Brasil, é Patrimônio Cultural da Humanidade, título concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A cidade leva a assinatura de Lúcio Costa, um dos mestres do urbanismo, e Oscar Niemeyer, um dos mestres da arquitetura modernista. Ao longo de seus 112,25 km², que correspondem à maior área tombada do mundo, reúne atrações que remontam à construção da cidade, inaugurada em 21 de abril de 1960 pelo então presidente Juscelino Kubitschek. Os principais destaques ficam por conta das obras do arquiteto Oscar Niemeyer, entre elas a Praça dos Três Poderes e os Palácios do Planalto e da Alvorada.

População: 2.570.160 habitantes
Área: 5.787,784 km2
Código de área: 61
Tensão elétrica: 220 V
Clima: Tropical de altitude, com temperatura média anual de 21º C
Vegetação: Cerrado
Altitude: 1.172 metros

A Copa em Brasília

mané_garrincha

Os jogos ocorrerão no Estádio Nacional Mané Garrincha, uma das arenas com mais jogos na Copa do Mundo, com um total de sete partidas. A primeira partida será entre Suíça e Equador, no dia 15 de junho (domingo), às 13h. No dia 23 de junho o estádio receberá pela primeira vez a seleção brasileira, que jogará contra a seleção de Camarões. Veja o calendário dos jogos na cidade aqui.

 Fonte: copa2014.gov.br

Learn Portuguese with us

cursovilabrasilCidades-sede da Copa: Brasília

Seleção dos EUA tem aulas de português para a Copa

by cursovilabrasil on 15/01/2014 No comments

Delegação dos Estados Unidos usa programa online para o aprendizado da Língua Portuguesa.

eua

A comissão técnica americana começou a se preparar com aulas de português brasileiro para a Copa do Mundo no Brasil. O objetivo é facilitar a comunicação com os funcionários do Centro de Treinamento do São Paulo Futebol Clube – onde a equipe treinará durante a competição – e também com a imprensa brasileira.

A US Soccer, federação de futebol local, disponibilizou um programa online para o aprendizado da língua. Todos os membros da delegação começaram a arranhar as primeiras palavras em português. Inclusive o técnico alemão Jurgen Klinsmann: ” estamos aproveitando isso e fazemos inclusive alguns desafios entre nós. É uma ótima oportunidade para aprender”.

Fonte: globoesporte.globo.com

The best place to learn portuguese

 

cursovilabrasilSeleção dos EUA tem aulas de português para a Copa

“Ao invés de” X “Em vez de”

by cursovilabrasil on 14/01/2014 No comments

Você sabe em quais situações utilizar as expressões “em vez” e “ao invés”?

aoinvésde_emvezde

Ao invés de:

O inverso de, o contrário de.  Supõe uma oposição. Exemplos:

Ao invés de ligar os fios na tomada, desligou-os.

Descemos, ao invés de subir.

 Em vez de:

Substituição, troca. Exemplos:

Em vez de estudar, ficou brincando com os amigos.

Em vez de ir ao cinema, fui ao teatro.

Obs.: A expressão “em vez de” também pode ser utilizada com o mesmo sentido de “ao invés de”, porém, o contrário não pode acontecer. Veja:

Com ideias opostas, as duas formas estão corretas:
Ao invés de descer, o elevador subiu.
Em vez de descer, o elevador subiu.

Quando a ideia é de substituição, apenas “em vez de” pode ser utilizado:
Em vez de viajar de trem, fui de avião.
Ao invés de viajar de trem, fui de avião.

Fontes: soportugues.com.br e revistaescola.abril.com.br

Aprenda português com professores especializados

cursovilabrasil“Ao invés de” X “Em vez de”

Escritores brasileiros: Manuel Bandeira

by cursovilabrasil on 13/01/2014 No comments

ManuelBandeira

Manuel Bandeira foi um professor, poeta, cronista, crítico e historiador literário brasileiro. Nascido no Recife, Pernambuco, em 1886, Bandeira foi um dos precursores do Modernismo no Brasil, e entrou para a Academia Brasileira de Letras em 1940. Faleceu em 1968, no Rio de Janeiro.

Apesar de também ter escrito textos em prosa, se destacou pela poesia. Um dos poemas mais conhecidos e difundidos do autor é intitulado “Vou-me embora pra Pasárgada“. Veja outros dos principais poemas de Manuel Bandeira:

Andorinha

Andorinha lá fora está dizendo:
— “Passei o dia à toa, à toa!”

Andorinha, andorinha, minha cantiga é mais triste!
Passei a vida à toa, à toa…

Os Sapos

Enfunando os papos,
Saem da penumbra,
Aos pulos, os sapos.
A luz os deslumbra.

Em ronco que aterra,
Berra o sapo-boi:
— “Meu pai foi à guerra!”
— “Não foi!” — “Foi!” — “Não foi!”.

O sapo-tanoeiro,
Parnasiano aguado,
Diz: — “Meu cancioneiro
É bem martelado.

Vede como primo
Em comer os hiatos!
Que arte! E nunca rimo
Os termos cognatos.

O meu verso é bom
Frumento sem joio.
Faço rimas com
Consoantes de apoio.

Vai por cinquenta anos
Que lhes dei a norma:
Reduzi sem danos
A fôrmas a forma.

Clame a saparia
Em críticas céticas:
Não há mais poesia,
Mas há artes poéticas…”

O Último Poema

Assim eu quereria meu último poema
Que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais
Que fosse ardente como um soluço sem lágrimas
Que tivesse a beleza das flores quase sem perfume
A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos
A paixão dos suicidas que se matam sem explicação.

Learn Portuguese with us

Fonte: academia.org.br

cursovilabrasilEscritores brasileiros: Manuel Bandeira

As 100 melhores músicas brasileiras

by cursovilabrasil on 10/01/2014 No comments

Há algum tempo a revista  Rolling Stone Brasil listou as 100 maiores músicas brasileiras de todos os tempos. Você conhece alguma delas?

1. Construção (Chico Buarque)

2. Águas de Março (Elis Regina e Tom Jobim)

3. Carinhoso (Pixinguinha)

4. Asa Branca (Luiz Gonzaga)

http://www.youtube.com/watch?v=cGDJ-oWQ3_o

5. Mas que Nada (Jorge Ben)

6. Chega de Saudade (João Gilberto)

7. Panis et Circenses (Os Mutantes)

http://www.youtube.com/watch?v=WXkqHIfZ_78

8. Detalhes (Roberto Carlos)

9. Canto de Ossanha (Baden Powell e Vinícius de Moraes)

10. Alegria, Alegria (Caetano Veloso)

Veja lista completa aqui.

Learn Portuguese with us

 

 

 

cursovilabrasilAs 100 melhores músicas brasileiras

Escola primária de Londres tem o ensino de português na grade curricular

by cursovilabrasil on 09/01/2014 No comments

A Escola Primária Henry Fawcett, em Londres, é uma das 11 do Reino Unido com o Português como língua curricular.

Big Ben with city bus and flag of England, London

“Os alunos gostam, aqueles de origem lusófona envolvem-se muito e ajudam os colegas e os pais consideram o ensino do português um bônus”, declarou a diretora Claire Nutall.

O estabelecimento possui 330 crianças, das quais 10% são portuguesas, brasileiras ou de países africanos lusófonos, e muitos de outras origens étnicas, tendo como língua materna o somali, espanhol ou francês.

“O Português possui muito potencial enquanto língua e foi identificado recentemente num estudo do British Council como um dos dez idiomas estrangeiros mais importantes para os próximos 20 anos no Reino Unido“, vincou hoje o embaixador português, João de Vallera, durante uma visita à escola. Claire Nutall também admite que a opção pelo ensino desta língua torna a escola mais atrativa em relação a outras na mesma zona.

É uma das 11 escolas no Reino Unido que oferece o português como língua estrangeira curricular, na sua maioria secundárias, e uma das 63 escolas com aulas em regime extra-curricular, frequentadas sobretudo por crianças lusófonas.

Fonte: observatorio-lp.sapo.pt

Aprenda português com professores especializados

 

cursovilabrasilEscola primária de Londres tem o ensino de português na grade curricular

Você sabe a origem da expressão “pagar o pato”?

by cursovilabrasil on 08/01/2014 No comments

“Pagar o pato” significa levar a culpa, ser responsabilizado pelas ações de outra pessoa.

pagar-o-pato

Exemplos

Minha irmã não fez o que minha mãe pediu e eu que paguei o pato.

Ele teve que pagar o pato pelo que o amigo fez.

Origem

Há duas possíveis origens para essa expressão. Segundo o professor Ari Riboldi, em seu livro O bode expiatório, a expressão pode ter se originado em uma história do século XV. Um camponês passou em frente à casa de uma mulher casada, com um pato na mão. A mulher ficou interessada em ter o pato, e propôs ao camponês pagá-lo com favores sexuais. Mas o homem queria prolongar o ato, enquanto a mulher achava que já tinham feito sexo o suficiente para o que julgava valer o animal.

Os dois começaram a discutir e, em meio ao debate, chegou o marido da mulher, e quis saber porque eles discutiam. A mulher então explicou que a desavença era em função do dinheiro que faltava para chegar ao valor desejado pelo camponês. O marido deu o dinheiro. E, literalmente, pagou o pato.

A outra versão diz que, numa brincadeira antiga, um pato era amarrado a um poste. Os participantes deviam correr até o poste e cortar as amarras que prendiam o animal de um só golpe. Quem não conseguisse deveria pagar o pato.

Fonte: noticias.terra.com.br/educacao

Aprenda português com professores especializados

 

 

cursovilabrasilVocê sabe a origem da expressão “pagar o pato”?