Língua Portuguesa na China

by cursovilabrasil on 08/11/2013 No comments

Daqui cinco anos, a China será o país onde mais se fala português, depois dos países lusófonos.

chineses-6af4Segundo o professor Carlos Ascenso André, um dos oradores no painel “Ensino da Língua Portuguesa na China”, nos últimos “cinco ou seis anos a explosão do ensino do português na China foi fantástica”

O Professor Carlos Ascenso André da Universidade de Coimbra mudou-se para Macau em 2012 para dirigir o Centro Pedagógico e Científico de Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau. Decidiu meter a ‘mão na massa’ e fazer um levantamento sobre o ensino de português na China.

Apurou que num intervalo de cinco anos “passamos de seis ou sete universidades para 28 instituições onde 1350 estudantes aprendem português, essencialmente ao nível da licenciatura”.

“Há mais de 100 docentes lecionando português no Ensino Superior. É um corpo muito jovem, 65% dos professores são chineses e têm problemas de formação”, explica Carlos André. Os outros 35% são docentes de nacionalidade portuguesa ou brasileira.

Segundo Ana Paula Laborinho, presidente do Instituto Camões, “a China olha para o longo prazo. Ao perceber que havia mudanças na geopolítica começou a apostar no ensino do português, porque tem muita população jovem”.

Carlos André confirma a “ideia de que aprender português é uma garantia de empregabilidade. Os estudantes chineses acham que lhes abre portas no jornalismo, na diplomacia e nas empresas”.

Dentro de cinco anos, “teremos mais de cinco mil universitários chineses aprendendo português. Em algumas universidades o português já é a segunda nota mais alta de entrada”.

Fonte: expresso.sapo.pt/portugues-e-a-lingua-da-moda-e-do-emprego-na-china

Learn Portuguese with us

cursovilabrasilLíngua Portuguesa na China

Curso online para o Celpe-Bras do Vila Brasil entrará em manutenção

by cursovilabrasil on 07/11/2013 No comments

O preparatório online para o Celpe-Bras do Vila Brasil entrará em manutenção até o próximo ano.

Celpe-Bras, curso Celpe-Bras OnlineQueremos melhorar e inovar o curso preparatório online para atender melhor e com mais qualidade nossos alunos que se preparam para o próximo Exame de Proficiência em Língua Portuguesa, que acontecerá em abril. Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente pelo e-mail celpebras@cursovilabrasil.com.br.

Aprenda português com professores especializados

cursovilabrasilCurso online para o Celpe-Bras do Vila Brasil entrará em manutenção

Professores do Timor-Leste iniciam formação em Língua Portuguesa

by cursovilabrasil on 06/11/2013 No comments

Professores timorenses de todos os níveis de ensino iniciaram na última segunda-feira um curso de formação intensiva para aprofundar conhecimentos curriculares, incluindo de Língua Portuguesa, para promover a qualidade da educação no Timor-Leste.

Timor Leste

O curso para mais de 5 mil professores vai até meados de dezembro, é de caráter obrigatório e tem como objetivo “promover a qualidade do sistema de ensino nacional”, segundo um comunicado do Ministério da Educação de Timor-Leste.

O lançamento da formação ocorreu em Díli e contou com a presença do ministro da Educação, Bendito Freitas, e dos embaixadores de Portugal, Manuel Gonçalves de Jesus, e do Brasil, José Dornelles.

A formação visa também “aprofundar conhecimentos sobre os conteúdos curriculares específicos de cada nível de ensino/disciplina, com destaque para as áreas técnicas e das ciências exatas”, acrescenta o documento.

“O (ensino) técnico-vocacional também vai receber cursos intensivos de formação de Língua Portuguesa”, afirmou o ministro da Educação timorense durante a cerimônia.

O curso vai ser ministrado por 285 formadores timorenses, com o apoio e supervisão de professores portugueses do Projeto de Formação Inicial e Contínua de Professores e dos Professores das Escolas de Referência.

 Fonte: observatorio-lp.sapo.ptThe best place to learn portuguese

cursovilabrasilProfessores do Timor-Leste iniciam formação em Língua Portuguesa

Dia Nacional da Língua Portuguesa

by cursovilabrasil on 05/11/2013 No comments

lp_blogDia 05 de novembro é o Dia Nacional da Língua Portuguesa.  O Português é o sétimo idioma mais falado no mundo com aproximadamente 200 milhões de falantes falantes. A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa reúne oito países onde o português é idioma oficial: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. A Língua Portuguesa também é um dos idiomas oficiais da Guiné Equatorial e da região administrativa especial chinesa de Macau.

O dia 05 de novembro foi escolhido em homenagem ao aniversário de nascimento de Ruy Barbosa, membro fundador da Academia Brasileira de Letras. Ruy Barbosa foi um importante intelectual da sua época, além de um grande estudioso do nosso idioma. A data comemorativa foi instituída no Brasil pela Lei nº 11.310 em 2006.

Fonte: educarparacrescer.abril.com.br

Aprenda português com professores especializados

cursovilabrasilDia Nacional da Língua Portuguesa

Já está disponível portal que auxiliará professores de PLE

by cursovilabrasil on 04/11/2013 No comments

O Portal do Professor de Português Língua Estrangeira (PPPLE) é uma plataforma on-line criada pelo Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) que tem como objetivo oferecer à comunidade de professores e interessados em geral, recursos e materiais para o ensino e a aprendizagem do português como língua estrangeira. Foi atribuída ao IILP “a tarefa de criar uma Plataforma comum na internet, relativa ao ensino do português” durante a I Conferência Internacional sobre o Futuro do Português no Sistema Mundial, realizada em março/abril de 2010 em Brasília.

O Portal ainda está em fase de testes, mas já estão disponíveis diversas atividades separadas pelo nível e pelas variantes portuguesa, angolana, brasileira e moçambicana. Para baixar os materiais é necessário fazer uma conta com e-mail e senha.

Acesse o Portal clicando aqui ou na imagem.

Portal

Learn Portuguese in Brazil

cursovilabrasilJá está disponível portal que auxiliará professores de PLE

Expansão da Língua Portuguesa

by cursovilabrasil on 03/11/2013 No comments

Um dos desafios do português é continuar a expansão, mostrando-se mais ao mundo, através da cultura, mas também da ciência e inovação e da diplomacia, com uma presença desejada como língua de trabalho ou oficial de organizações, como as Nações Unidas, e um peso, sempre crescente, no mundo digital.

bandeira+CPLP+AP

 “Não é só o poderio dos estados que determina a importância da língua”, frisou Amaral Lala, representante do Ministério das Relações Exteriores de Angola. “É o prestígio das universidades, a obra publicada, o modelo cultural e a capacidade de exportar esse modelo.” É isso que transporta a língua, e a sua influência, para o sistema mundial. “A área do conhecimento é fundamental.”

As aspirações de uns e de outros mostram como os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) caminham “a duas velocidades”, salientou, já no último dia da conferência, Arlindo Isabel, fundador da Editora Nzila de Angola. Além de Portugal e do Brasil, “os outros países vivem realidades completamente diferentes quanto à promoção da língua”. É preciso apoiar a escola, melhorar o ensino do português, estimular as diásporas em países vizinhos de estados lusófonos, que podem ser âncoras para despertar o interesse pelo português de pessoas que ainda não falam português.

“A língua pode ser um poderoso instrumento” de afirmação e influência dos países. Mas “para que a língua portuguesa seja exportada para fora do espaço da CPLP, devem ser criadas as condições internas”, frisou Amaral Lala. A escola, peça fundamental nesse processo, ainda é deficitária em muitos países da CPLP. “O acesso à escola é o acesso à língua portuguesa” em muitos países onde a população fala mais facilmente os idiomas locais e nacionais, acrescentou. Aí, ainda há populações analfabetas. Mas também há muitas pessoas interessadas em falar português, em países tão distantes e isolados do resto dos países lusófonos como Timor-Leste.

“Não bastam as declarações de vontade”, disse Graça Mira Gomes, a propósito das aspirações declaradas dos chefes de Estado e de Governo da CPLP sobre o estatuto do português como língua oficial ou de trabalho na ONU. “Trata-se de um objetivo de grande relevância política. Tornaria a ONU mais democrática”, acrescentou.
É preciso também investimento na formação de tradutores e intérpretes para elevar, como é desejo expresso dos responsáveis governamentais dos países da CPLP, o português a esse estatuto, que refletiria o “peso demográfico, cultural, político e econômico” da língua portuguesa.

Fonte: www.publico.pt

El mejor lugar para aprender portugués

cursovilabrasilExpansão da Língua Portuguesa

Sometimes too much to drink is barely enough.

by on 02/11/2013 No comments

Now, mustering the spare poles from below, and selecting one of hickory, with the bark still investing it, Ahab fitted the end to the socket of the iron. A coil of new tow-line was then unwound, and some fathoms of it taken to the windlass, and stretched to a great tension. Pressing his foot upon it, till the rope hummed like a harp-string, then eagerly bending over it, and seeing no strandings, Ahab exclaimed, “Good! and now for the seizings.

Sometimes too much to drink is barely enough.

No time for games, let’s play

by on 02/11/2013 No comments

Since then he had been skulking along towards Maybury, in the hope of getting out of danger Londonward. People were hiding in trenches and cellars, and many of the survivors had made off towards Woking village and Send. He had been consumed with thirst until he found one of the water mains near the railway arch smashed, and the water bubbling out like a spring upon the road.

No time for games, let’s play

Secretário executivo da CPLP propõe a mobilidade de estudantes, professores e pesquisadores entre os países membros

by cursovilabrasil on 01/11/2013 No comments

Murade Murargy, secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que discursou na abertura da 2ª Conferência sobre a Língua Portuguesa no Sistema Mundial, defendeu uma “reflexão conjunta sobre o espaço do ensino superior, ciência e tecnologia da CPLP”.

cplpO responsável da CPLP levantou a possibilidade da “criação de um programa especial destinado à mobilidade de estudantes, docentes, investigadores e técnicos no espaço da comunidade”, salientando a “importância da circulação do conhecimento académico e científico e da colaboração em redes, e da implementação conjunta de projetos de cooperação”. “Mantemos a prioridade de atuação futura na criação do espaço de ensino superior da CPLP”, intenção aprovada há cerca de dez anos, disse Murade Murargy.

“Os desafios são gigantescos. Para a concretização do objetivo estratégico de construir um espaço de ensino superior para a CPLP são chamadas as universidades dos Estados-membros”, sustentou.

“Atualmente, as dimensões geopolítica e geoeconômica conferem à língua portuguesa um potencial cada vez maior no plano da correlação com outras línguas dominantes, por força dos indicadores de crescimento econômico de alguns Estados-membros e pela forte atuação da concertação política e diplomática da CPLP no sistema internacional”, defendeu.

Recordando que o português é a sexta língua mais falada no Mundo, considerou que “o seu valor traduz-se efetivamente num crescente impacto no mundo dos negócios de projeção global”.

Fonte: observatorio-lp.sapo.pt

 Learn Portuguese in Brazil

cursovilabrasilSecretário executivo da CPLP propõe a mobilidade de estudantes, professores e pesquisadores entre os países membros

We are masters of the unsaid words.

by on 01/11/2013 No comments

Now, mustering the spare poles from below, and selecting one of hickory, with the bark still investing it, Ahab fitted the end to the socket of the iron. A coil of new tow-line was then unwound, and some fathoms of it taken to the windlass, and stretched to a great tension. Pressing his foot upon it, till the rope hummed like a harp-string, then eagerly bending over it, and seeing no strandings, Ahab exclaimed, “Good! and now for the seizings.

We are masters of the unsaid words.