Higiene: uma questão cultural brasileira

by cursovilabrasil on 25/04/2017 No comments

Higiente | Português para estrangeirosOlá! Meu nome é Aline Simo e sou professora de Português para Estrangeiros aqui no curso Vila Brasil – Português para estrangeiros. Eu sempre digo que o melhor em ser professora de Língua Portuguesa para estrangeiros é porque viajamos o m undo sem sair de nosso país… Vivemos cada situação que somente a nossa profissão nos proporciona de forma tão leve e bem humorada!

Muitas vezes, além da Língua, ensinamos Cultura. Ou porque uma situação leva a esse tópico ou porque os alunos instintivamente nos questionam por alguma situação vivida no Brasil. Neste Post vou relatar alguns fatos interessantes sobre Higiene na visão dos brasileiros vs. estrangeiros. Vamos lá?

Higiente | Português para estrangeirosImagem com adaptações

Durante as aulas de Português para Estrangeiros, sempre surgem questões interessantes!!! Hábitos que para nós, brasileiros, parecem banais para os alunos são vistos com estranheza. Uma vez, um grupo de alunos adolescentes me questionou porque as crianças do ensino infantil riram de um menino que “comeu meleca”… Expliquei que para a cultura brasileira não era muito higiênico “tirar meleca” em público e muito menos comê-la… Eles riram e me disseram que em seu país era visto normalmente porque seria aquisição de anticorpos. Pausa para a minha cara de nojo neste momento… hahaha

Higiente | Português para estrangeiros

Fonte da imagem

Outro ponto sempre questionado é por que os brasileiros levavam escova de dente e pasta + fio dental para o trabalho, faculdade, escola… Os brasileiros escovam os dentes sempre após qualquer refeição e por esse motivo sempre temos nosso pequeno kit de higiene bucal na bolsa. Como é em seu país?

escovar os dentes| Português para estrangeiros

Fonte da imagem

Vejam o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=WJEjEuHBWoM

Lavar sempre as mãos pode parecer banal, mas para alguns alunos estrangeiros esse hábito é neurótico… O que vocês acham? Lavar sempre as mãos antes das refeições, ao chegar da rua e ao usar o banheiro é importante ou não?

 

lavar as mãos| Português para estrangeiros

Fonte da imagem

Vejam o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=EQMUUBZjs_E

E qual foi o estrangeiro que nunca se admirou com a quantidade de banhos dos brasileiros? Sim! Tomamos banhos diários e muitas vezes 2 ou 3 vezes ao dia! Alguém sabe a origem? Quero ver quem já se questionou sobre esse ponto… Deixem nos comentários suas respostas!!!

tomar banho| Português para estrangeiros

Fonte da imagem

Aproveitando o tema banho diário, teve um caso de uma aluna estrangeira que combinou de ir a uma festa com a professora de português para estrangeiros. Todavia, antes do horário marcado a aluna fez uma aula de jiu-jitsu e de lá foi direto encontrar a professora e irem juntas… Podem imaginar a cara da professora quando questionou a aluna sobre o fato dela estar suada e querer ir a uma festa dessa forma? Para vocês é normal ir a festas ou mesmo sair com “cheiro de pele” (para nós seria suor…)? Os brasileiros sempre tomam banho, perfumam-se, arrumam-se para saírem. Muito estranho?

Vamos a algumas curiosidades rápidas sobre o tema:

  • Para os brasileiros arrotar na frente das pessoas é falta de educação (rude)!
  • Assoar o nariz em público é quase proibido! Porém espirrar é natural e normalmente usamos as mãos para conter o espirro…
  • Embora sejamos considerados um dos povos mais limpos do mundo, jogamos lixo na rua (infelizmente…)
  • Comemos pizza com garfo e faca, mas hambúrguer com guardanapos… Vejam o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=3fFPiehC92k
  • Evitamos cuspir no chão! Achamos que é muito nojento e falta de educação!
  • Usamos lixeirinha nos banheiros e são para pôr os papeis higiênicos usados. (Acreditem, melhor usá-los do que passar o constrangimento de verem o vaso entupir e pedir ajuda…)
  • Usamos papel higiênico sempre! Caso em sua cultura não utilize, mas irá receber algum brasileiro em sua casa, deixe pelo menos 1 rolo disponível…
  • Brasileiros estão sempre preocupados com odores: mau hálito, “cecê” (cheiro de suor nas axilas), chulé… por isso sempre tentamos estar de banho tomado, dentes escovados, meias trocadas e uso de desodorantes.

Qual dos hábitos de higiene mais chamou sua atenção? Quais eram desconhecidos? Você já passou por alguma situação engraçada/constrangedora com relação a este ponto? Compartilhem conosco e acrescente o que acharem interessante!!!

Espero que tenham gostado! Até o próximo post.

Professora Aline Simo

Leia mais
cursovilabrasilHigiene: uma questão cultural brasileira

Verbo FICAR e seus significados no Português - Parte 2

by cursovilabrasil on 20/04/2017 No comments

Olá, pessoal! Vamos continuar a falar um pouquinho sobre os usos do verbo FICAR?

 

1- Ficar com sentido de “permanecer”

Dom Pedro | Português para estrangeiros

Fonte da imagem

Você conhece a história do Brasil? Sabia que o dia 09 de janeiro de 1822 é conhecido como o dia do Fico? Nesse dia, Dom Pedro, príncipe-regente do Brasil, decidiu ficar no Brasil, torná-lo sua nova casa. Esse é o uso mais comum que nossos alunos sabem numa sala de português para estrangeiros.

Assim, quando você quiser falar que vai permanecer em algum lugar, use o verbo ficar.

Ex: Quanto tempo você vai ficar no Brasil?

2- Ficar para localizar-se no espaço

Ex: – Com licença, moça. Onde fica a padaria?
–  Fica na esquina da rua Dom Pedro com a Rio Branco.

É muito comum você escutar esse tipo de conversa entre brasileiros, quando estão pedindo direções. O verbo ficar é o mais usado para questionar a localização de espaços físicos.

3- Fiquei sabendo que

Este é um uso muito curioso do verbo ficar. Você já escutou alguém começar uma frase assim? Não? Pois então, quando começamos a frase com o famoso fiquei sabendo que…, na verdade, não queremos falar a origem da informação. Por exemplo: Você ficou sabendo que determinada empresa vai encerrar as atividades no Brasil. Você tem um amigo que trabalha lá. Você quer confirmar a informação e, ao mesmo tempo, não quer contar quem te disse isso. Você fala para seu amigo:

– Fulano, fiquei sabendo que sua empresa vai encerrar as atividades no Brasil, é verdade?

Interessante, né?

4- Ficar com sentido de “insistir”

Sabe aquela pessoa que insiste demais? Pois é. Você pode falar pra ela:

– Fulano, não fica fazendo isso.

Quando nós usamos o verbo ficar + …ando, …endo, …indo, queremos falar sobre uma insistência.

– Ele fica me ligando o dia inteiro.

Esses foram os principais usos do verbo ficar que causam dúvidas numa aula de português para estrangeiros. E na sua língua, qual verbo é tão versátil quanto o verbo ficar? Você ficou sabendo que pode marcar uma aula de português para estrangeiros conosco e descobrir mais curiosidades sobre a língua? Ficou interessado?

Professora Isabella Toguchi

Leia mais
cursovilabrasilVerbo FICAR e seus significados no Português - Parte 2

Verbo FICAR e seus significados no Português - Parte 1

by cursovilabrasil on 18/04/2017 No comments

verbo ficar | português para estrangeiros

“Não profe, eu só fiquei com meu amigo.”

Uma aluna minha me disse isso, numa aula de português para estrangeiros, sobre o amigo. Como ela é muito religiosa, e a religião dela proíbe o contato físico antes do casamento, fiquei um pouco chocada. Ela não entendeu muito bem o motivo do meu espanto. Expliquei pra ela que, aqui no Brasil, o verbo ficar pode ter muitos sentidos. Você consegue imaginar em qual sentido eu pensei quando ouvi essa frase? Você conhece os usos para o verbo ficar? Não? Então vamos lá, eu explico!

1- Ficar com sentido de relacionar-se a curto-prazo com alguém

Eu pensei nesse uso do verbo ficar quando minha aluna me disse que “ficou com o amigo”.  Brasileiros usam o verbo ficar para relacionamentos que não são sérios e duradouros. Já existe até a expressão “ficante” para falar da pessoa com quem se “está ficando”.

No caso, minha aluna queria apenas dizer que passou o tempo com o amigo, que fez companhia para ele. Porém, na minha cabeça, ela estava dizendo que tinha beijado o amigo e, por isso, não entendi nada! Então quando você falar “ Fiquei com fulano”, cuidado para não causar mal-entendidos!

Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilVerbo FICAR e seus significados no Português - Parte 1

A História do Português do Brasil em 9 Tópicos | Parte 2

by cursovilabrasil on 12/04/2017 No comments

História do Português do Brasil - Português para estrangeiros

Vamos continuar com nossa aula sobre a História do Português do Brasil?

 

5 – Descoberta de ouro e diamante

Por bastante tempo, a maior parte da população que habitava a colônia era de negros, índios e mestiços, sendo os portugueses a minoria. Consequentemente, o português também não era a língua mais falada. Entretanto, isso começou a mudar com a descoberta de ouro e diamante na região de Minas Gerais no século 17, pois novas levas de portugueses passaram a chegar em busca de enriquecimento causando uma nova explosão demográfica.

6 – Marquês de Pombal

Em 1757, houve mais um acontecimento a favor da língua portuguesa. Marquês de Pombal, ministro português, a decretou como a língua oficial da colônia, passando a ser obrigatório o seu uso em documentos oficiais bem como o ensino em escolas. Além disso, o uso da língua geral passou a ser proibido. Caso isso não tivesse acontecido, é possível que atualmente fôssemos como o Paraguai, que tem uma língua europeia oficial, no entanto, grande parte da população tem como língua materna o guarani.

história do português do Brasil - português para estrangeiros

Fonte da imagem

7 – Vinda da Família Real

Devido às guerras napoleônicas e revoluções republicanas ocorridas na Europa, a Família Real Portuguesa se viu obrigada a fugir para a colônia em 1808 e lá estabeleceu seu ponto central de governo. Isso veio a reforçar de forma definitiva a presença e influência europeia no Brasil trazendo seus costumes bem como as chances de estabelecer finalmente o português brasileiro como língua oficial.

8 – Chegada dos imigrantes

Já nos séculos 19 e 20, para se juntar ao grande número de povos que já se encontravam aqui, chegaram os imigrantes de muitos países em busca de uma vida melhor. Entre eles estavam italianos, alemães, poloneses, japoneses e árabes, tendo cada um em sua maneira e com níveis diferentes de influência traçado novos rumos para o português do Brasil.

história do português do Brasil - português para estrangeiros

Fonte da imagem

9 – O português do Brasil atualmente

Atualmente temos o português como uma língua internacional, sendo o quinto idioma mais falado, presente em quatro continentes (América, Europa, Ásia e África), muito importante tanto para o turismo e interesses culturais como para negócios, com chances de que venha a ser incluído entre as línguas oficiais da ONU. O português brasileiro, devido à importância mundial que o Brasil vem adquirindo nos últimos tempos, tem sido a variedade mais procurada em cursos de português como língua estrangeira, além de ter um status crescente entre as línguas mais importantes para as relações internacionais.

Qualquer  dúvida sobre a História do Português do Brasil, deixe um comentário!

Professor Marcos Mendonça

 

Fonte:
1808 – Laurentino Gomes
Ensaios para uma sócio-história do português brasileiro – Rosa Virgínia Mattos e Silva
Gramática pedagógica do português brasileiro – Marcos Bagno
Pororoca, pipoca, paca e outras palavras do tupi – Marcos Bagno e Orlene Lúcia S. Carvalho

Leia mais
cursovilabrasilA História do Português do Brasil em 9 Tópicos | Parte 2

A História do Português do Brasil em 9 Tópicos | Parte 1

by cursovilabrasil on 11/04/2017 No comments

História do Português do Brasil - Português para estrangeiros

Que tal uma aulinha sobre a História do Português do Brasil?

1 – Chegada dos portugueses no Brasil

Com o início das grandes navegações e a chegada dos portugueses à costa da América do Sul, iniciou-se um período de formação do povo brasileiro, bem como a língua que viria a ser desenvolvida ao longo dos séculos. Em 1549 ,chegaram os primeiros jesuítas trazendo consigo os costumes europeus e a língua portuguesa.

museu-historico-nacional-desembarque-cabral-landing

Fonte da imagem

Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilA História do Português do Brasil em 9 Tópicos | Parte 1

Diminutivo em português | Entenda seus significados (Parte 2)

by cursovilabrasil on 31/03/2017 No comments

diminutivo

Ontem fiz um post iniciando uma discussão sobre o uso do diminutivo em português e vou continuar mostrando ALGUNS dos seus usos, pois ensinar português para estrangeiros é muito mais do que ensinar regras gramaticais!

b) IRONIA/ DEPRECIAÇÃO/ ANTIPATIA

Nesses casos, é importante dizer que a entonação de voz ajuda a reforçar o sentido irônico ou depreciativo do termo empregado no diminutivo. Acho que o título já explica o sentido e, para mim, o melhor exemplo é o texto Diminutivos, da escritora Martha Medeiros:


Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilDiminutivo em português | Entenda seus significados (Parte 2)

Diminutivo em português | Entenda seus significados (Parte 1)

by cursovilabrasil on 29/03/2017 No comments

Eu tive um aluno americano que morou muito tempo no Chile e veio para Brasília a trabalho. Um dia ele chegou um pouco atrasado na aula e explicou dizendo “Desculpe, eu fui ao shopping para comprar uma roupinha”. Ao escutar a palavra roupinha, pensei logo que esse aluno teria problemas com piadas e brincadeiras de mau gosto por parte dos brasileiros se não aprendesse naquele momento o cuidado que ele deveria ter com palavras no diminutivo em português.

Mas você deve estar se perguntando “Mas qual é o grande problema de usar essa palavra?”. Pois bem, os diminutivos nem sempre indicam diminuição de tamanho. Dependendo de como os diminutivos são colocados no contexto, eles podem ter diversas significações. Essas significações dependem do contexto e existem em relação a ele.

Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilDiminutivo em português | Entenda seus significados (Parte 1)

Profe, você está sempre ao ponto

by cursovilabrasil on 22/03/2017 No comments

Ao ponto vs. Em ponto

Um dia como outro qualquer, cheguei para uma aula no horário marcado, achando que aquele dia seria um dia realmente comum na minha carreira de professora de português para estrangeiros, mas claro que eu estava errada! As aulas nunca são tão comuns assim! Assim que cheguei, meu aluno canadense de nível avançado já, me recepcionou dizendo:

Ana, eu fico impressionado como você está sempre ao ponto!

Imaginem como eu me senti naquele momento! Foi mais ou menos assim:

imageFonte:
Como eu me sinto quando

Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilProfe, você está sempre ao ponto

Verbo dar e seus vários significados

by cursovilabrasil on 24/02/2016 No comments

Verbo dar e seus vários significados

Meus alunos estrangeiros costumam dizer que em português as palavras têm muitos significados (isso é verdade, a maioria das palavras de qualquer língua é polissêmica), mas há algumas palavras que os incomodam mais que outras, pois, muitas vezes, eles sabem o significado do dicionário, mas não sabem utilizá-las em diferentes contextos.

Entre as palavras que mais causam confusão nos alunos, de acordo com a minha experiência no ensino de português para estrangeiros, é, sem dúvida, o verbo dar. Basta dar uma olhada no dicionário Aulete (http://www.aulete.com.br/dar) para ver as 34 definições dadas ao verbo somadas às 21 expressões formadas com o verbo.

Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilVerbo dar e seus vários significados

Pois é...sabe o que é?

by cursovilabrasil on 11/02/2016 No comments

Na mesma linha do meu post sobre a expressão pois não, “pois é” também é outra expressão muito usada aqui no Brasil e mais simples de ser entendida e usada. Costumo dizer nas minhas aulas de português para estrangeiros que “Pois é” é uma expressão que utilizamos para concordar com algum comentário ou preencher um vazio na comunicação, ou seja, você fala “pois é” quando não tem mais nada importante, consistente ou útil para dizer. Essa expressão é muito comum em conversas de elevador, com aqueles vizinhos que você só cumprimenta por educação e fala sobre o tempo:

– Hoje ta muito quente, né?

Pois é… (é verdade…)  Leia mais

Leia mais
cursovilabrasilPois é...sabe o que é?